Novas Candidaturas Abertas

COMPETE2020

Abrem candidaturas para projetos no âmbito da Internacionalização, Qualificação, Inovação e Empreendedorismo

Foram publicados cinco novos concursos no Domínio da Competitividade e Internacionalização, no âmbito do Sistema de Incentivos à "Qualificação das PME", do Sistema de Incentivos à "Internacionalização das PME", do Sistema de Incentivos ao "Empreendedorismo Qualificado e Criativo" e do Sistema de Incentivos à "Inovação Produtiva".

O Aviso N.º 21/SI/2015 (Empreendedorismo Qualificado e Criativo) tem como objetivo conceder apoios financeiros a projetos de Empreendedorismo Qualificado e Criativo que contribuam para:

  • A promoção do espírito empresarial, facilitando nomeadamente o apoio à exploração económica de novas ideias e incentivando a criação de novas empresas;
  • Aumentar as capacidades de gestão das empresas e da qualificação específica dos ativos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional.

São suscetíveis de apoio os projetos individuais de Empreendedorismo Qualificado e Criativo nas seguintes tipologias:

  1. A criação de empresas que desenvolvam atividades em setores com fortes dinâmicas de crescimento, incluindo as integradas em indústrias criativas e culturais, e ou setores com maior intensidade de tecnologia e conhecimento;
  2. A criação de empresas que valorizem a aplicação de resultados de I&D na produção de novos bens e serviços.

No plano de investimentos apresentado pode ser incluída uma componente de formação de recursos humanos associada à participação de empresários, gestores e trabalhadores das empresas em ações de formação que permitam uma melhor eficácia dos processos de inovação, associada às operações de investimento em causa.

O Aviso N.º 22/SI/2015 (Internacionalização das PME - para projetos localizados em territórios de baixa densidade) tem como objetivo conceder apoios financeiros a projetos que:

  • Reforcem a capacitação empresarial das PME para a internacionalização, com vista a promover o aumento das exportações através do desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais e de processos de qualificação das PME para a internacionalização, valorizando os fatores imateriais da competitividade, permitindo potenciar o aumento da sua base e capacidade exportadora;
  • Aumentem a qualificação específica dos ativos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional.

São suscetíveis de apoio os projetos individuais de internacionalização que visem os seguintes domínios:

  1. O conhecimento de mercados externos;
  2. A presença na web, através da economia digital;
  3. O desenvolvimento e promoção internacional de marcas;
  4. A prospeção e presença em mercados internacionais;
  5. O marketing internacional;
  6. A introdução de novo método de organização nas práticas comerciais ou nas relações externas;
  7. As certificações específicas para os mercados externos.

No plano de investimento apresentado pode ser incluída uma componente de formação de recursos humanos associada à participação de empresários, gestores e trabalhadores das empresas em ações de formação que permitam uma melhor eficácia dos processos de inovação, associada às operações de investimento em causa.

O presente Aviso de concurso tem aplicação nos territórios de baixa densidade que foram definidos na deliberação da CIC Portugal 2020 em 01 de julho de 2015 (disponível abaixo para download).

O Aviso N.º 23/SI/2015 (Qualificação das PME - para projetos localizados em territórios de baixa densidade) tem como objetivo selecionar projetos que visem ações de qualificação de PME em domínios imateriais com o objetivo de promover a competitividade das PME e sua capacidade de resposta no mercado global. Neste sentido, são suscetíveis de apoio os projetos com investimentos de:

  • Reforço das capacidades de organização e gestão das PME, incluindo, o investimento em desenvolvimento das capacidades estratégicas e de gestão competitiva, redes modernas de distribuição e colocação de bens e serviços e a utilização de TIC;
  • Qualificação específica dos ativos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional.

São suscetíveis de apoio os projetos individuais de qualificação das estratégias de PME que concorrem para o aumento da sua competitividade, flexibilidade e capacidade de resposta ao mercado global, nos seguintes domínios imateriais de competitividade:

  1. Inovação organizacional e gestão
  2. Economia digital e tecnologias de informação e comunicação (TIC)
  3. Criação de marcas e design
  4. Desenvolvimento e engenharia de produtos, serviços e processos
  5. Proteção de propriedade industrial
  6. Qualidade
  7. Transferência de conhecimento
  8. Distribuição e logística
  9. Eco-inovação
  10. Formação profissional

O presente Aviso de concurso tem aplicação nos territórios de baixa densidade que foram definidos na deliberação da CIC Portugal 2020 em 01 de julho de 2015 (disponível abaixo para download).

O Aviso N.º 24/SI/2015 (Empreendedorismo Qualificado e Criativo - para projetos localizados em territórios de baixa densidade) tem como objetivoconceder apoios financeiros a projetos de Empreendedorismo Qualificado e Criativo que contribuam para:

  • A promoção do espírito empresarial, facilitando nomeadamente o apoio à exploração económica de novas ideias e incentivando a criação de novas empresas;
  • Aumentar as capacidades de gestão das empresas e da qualificação específica dos ativos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional.

São suscetíveis de apoio os projetos individuais de Empreendedorismo Qualificado e Criativo nas seguintes tipologias:

  1. A criação de empresas que desenvolvam atividades em setores com fortes dinâmicas de crescimento, incluindo as integradas em indústrias criativas e culturais, e ou setores com maior intensidade de tecnologia e conhecimento;
  2. A criação de empresas que valorizem a aplicação de resultados de I&D na produção de novos bens e serviços.

No plano de investimentos apresentado pode ser incluída uma componente de formação de recursos humanos associada à participação de empresários, gestores e trabalhadores das empresas em ações de formação que permitam uma melhor eficácia dos processos de inovação, associada às operações de investimento em causa.

O presente Aviso de concurso tem aplicação nos territórios de baixa densidade que foram definidos na deliberação da CIC Portugal 2020 em 01 de julho de 2015 (disponível abaixo para download).

Aviso N.º 25/SI/2015 (Inovação Produtiva - para projetos localizados em territórios de baixa densidade) tem como objetivo conceder apoios financeiros a projetos que contribuam para o:

  • Aumento do investimento empresarial das grandes empresas em atividades inovadoras (produto, processo, métodos organizacionais e marketing), reforçando o investimento empresarial em atividades inovadoras, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo do tecido económico, através do desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas nos resultados de I&D (investigação e desenvolvimento tecnológico) e na integração e convergência de novas tecnologias e conhecimentos e ainda para a criação de emprego qualificado;
  • Reforço da capacitação empresarial das PME para o desenvolvimento de bens e serviços, através do investimento empresarial em atividades inovadoras e qualificadas que contribuam para sua progressão na cadeia de valor;
  • Aumentar as capacidades de gestão das empresas e da qualificação específica dos ativos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de atividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional.

São suscetíveis de apoio os projetos individuais em atividades inovadoras que se proponham desenvolver um investimento inicial, conforme definido no n.º 49 do artigo 2.º do Regulamento (UE) n.º 651/2014, de 16 de junho, relacionados com as seguintes tipologias:

  1. A criação de um novo estabelecimento;
  2. O aumento da capacidade de um estabelecimento já existente, devendo esse aumento corresponder no mínimo a 20% da capacidade instalada em relação ao ano pré projeto. Nesta tipologia a empresa deve aumentar a sua capacidade produtiva de bens e/ou serviços já produzidos nesse estabelecimento;
  3. A diversificação da produção de um estabelecimento para produtos não produzidos anteriormente no estabelecimento, sendo que os custos elegíveis devem exceder em, pelo menos, 200% o valor contabilístico dos ativos que são reutilizados, tal como registado no exercício fiscal precedente ao início dos trabalhos (2014);
  4. A alteração fundamental do processo global de produção de um estabelecimento existente (nesta tipologia não se está na presença de novas produções: bens ou serviços, a tipologia corresponde a um alteração fundamental do processo global).

No âmbito de cada tipologia de investimento pode ser incluída uma componente de formação de recursos humanos associada à participação de empresários, gestores e trabalhadores das empresas em ações de formação que permitam uma melhor eficácia dos processos de inovação, associada às operações de investimento em causa.

 

Fonte: Portal Portugal 2020



Destaques

Prev Next
NOVO CURSO: Comunicação Visual - Fotografia e Vídeo

NOVO CURSO: Comunicação V…

  Atenta às necessidades do mercado, a RRA Consultores disponibiliza, via plataforma Zoom, o curso Comunicação Visual – Fotografia e Vídeo...

10-03-2021

Apoio Financeiro a PME's

Apoio Financeiro a PME's

 Apoio Especializado e Financiado a Fundo Perdido

20-03-2020

MELHOR TURISMO 2020 - Inscrições Abertas

MELHOR TURISMO 2020 - Ins…

 "Melhor Turismo 2020" - Inscrições Abertas

24-07-2019

Formação-Ação TURISMO

Formação-Ação TURISMO

 Programa de Formação-Ação "Melhor Turismo 2020"

17-04-2019

Formação-Ação MOVE

Formação-Ação MOVE

 Programa de Formação-Ação "MOVE"

17-04-2019

Formação e Consultoria Financiada

Formação e Consultoria Fi…

 Formação e Consultoria Financiada zonas Norte e Centro. Candidate-se!

10-04-2019

Auditorias DGERT

Auditorias DGERT

DGERT arranca com a realização de auditorias às entidades formadoras certificadas

30-10-2018